A Universidade Candido Mendes

A Universidade Candido Mendes

A Universidade Candido Mendes tem como mantenedora a Sociedade Brasileira de Instrução, a mais antiga instituição particular de ensino superior do país, fundada em 1902 pelo Conde Candido Mendes de Almeida, juntamente com a Academia de Comércio do Rio de Janeiro. Em 1919, foi criada a Faculdade de Ciências Políticas e Econômicas do Rio de Janeiro, a primeira escola superior de Economia do Brasil.


A Academia transforma-se, nos anos 50, na Escola Técnica de Comércio Candido Mendes, dedicada exclusivamente ao ensino médio. Na mesma década, Candido Mendes de Almeida Junior cria a Faculdade de Direito Candido Mendes, sediada no Convento do Carmo, na Praça XV de Novembro, instaurando um padrão de excelência na área das ciências jurídicas e sendo precursora no ensino da prática forense. Nos anos 60, o atual reitor, Candido Mendes, inaugura o Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro – IUPERJ, dedicado à pós-graduação stricto sensu, com mestrado e, posteriormente, doutorado em Ciência Política e Sociologia. A qualidade do ensino e do programa de pesquisas desenvolvidos no IUPERJ tem reconhecimento nacional e internacional.


Na década de 1970, a então Faculdade Candido Mendes se expande para Ipanema e desenvolve programas de formação técnico-científica e cursos de Administração de Empresas, que dão origem aos campi de Campos dos Goytacazes e de Nova Friburgo. Também em Ipanema, foi criado o Centro Cultural Candido Mendes, que se tornou ponto de referência da cultura carioca e foi pioneiro em uma série de iniciativas nas áreas de cinema, teatro, artes plásticas, poesia, vídeo e ensino de extensão.


A partir de 1997, ano em que a Candido Mendes é credenciada, por decreto presidencial, como universidade especializada em Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, novos cursos e campi são criados, entre os quais as unidades da Tijuca, do Centro (Pio X), de Padre Miguel, de Jacarepaguá e do Méier, além das de Niterói e Araruama, no estado do Rio de Janeiro, e de Vitória, no Espírito Santo. Em 2001, surge o Instituto de Humanidades, integrando ensino, pesquisa e extensão, com amplo programa de iniciação científica. Agrega dois centros de estudos e cursos de graduação, nas modalidades de bacharelado e licenciatura, e de pós-graduação, em Ciências Sociais, História, Letras, Fotografia, Arte e Cultura, Turismo e Relações Internacionais. A Universidade Candido Mendes destaca-se das suas congêneres por ser uma instituição historicamente comprometida com a excelência nas atividades de pesquisa e pós-graduação, mantendo centros e institutos de pesquisa, sete programas de mestrado e dois de doutorado, bem como dezenas de cursos de pós-graduação lato sensu. Publica seis revistas acadêmicas.


A instituição inaugurou, a partir de 2011, novos campi em diferentes regiões do Rio de Janeiro, como, por exemplo, as unidades de Santa Cruz e Bangu, na Zona Oeste, e as unidades da Penha e de Guadalupe, ambas situadas na Zona Norte da cidade. Distribuídas por um total de 16 unidades com 21 cursos de graduação e diversos outros nas modalidades sequencial e tecnológica, as atividades da Universidade Candido Mendes, apoiada em mais de um século de tradição e excelência, em que se firmou como referência nacional e internacional em Ciências Humanas e Sociais, reúnem mais de 20 mil estudantes e 1.000 professores e pesquisadores.

O Instituto Prominas

O Instituto Prominas

O INSTITUTO PROMINAS


O INSTITUTO PROMINAS é uma instituição voltada para a formação de profissionais capazes de interagir no mercado de trabalho, caracterizada pelo atendimento aos desafios originados da rápida expansão, evolução das diferentes tecnologias e construção do conhecimento, permitindo aos seus colaboradores e aos alunos uma permuta constante de suas experiências “no seu tempo e do seu jeito”.

O Instituto Prominas mantém um convênio de apoio logístico e operacional com a UCAM – Universidade Candido Mendes, para oferta de cursos de Pós-Graduação Lato Sensu, Extensão e Aperfeiçoamento e está situado à Avenida Acesita, 655 – bairro Olaria – Cidade de Timóteo – MG, na região do Vale do Aço em Minas Gerais.


Missão

Oferecer qualidade em conhecimento e cultura de forma confiável e eficiente para que o aluno tenha oportunidade de construir uma base profissional ética.

Visão

Se tornar uma instituição modelo no país na oferta de cursos na modalidade de Educação a Distância, primando sempre pela inovação tecnológica, excelência no atendimento e valor do serviço oferecido.

Valores

  • - Inovação;
  • - Transparência;
  • - Ética profissional;
  • - Respeito;
  • - Valorização do ser humano;
  • - Responsabilidade Social e Ambiental.

História do ensino a distância

    • O jornal do Brasil

      1900 - O jornal do Brasil

      O Jornal do Brasil registra, na primeira edição da sessão de classificados, anúncio que oferece profissionalização por correspondência para datilógrafo.

    • Educação a Distância

      1920 - Educação a Distância

      A Rádio Sociedade do Rio de Janeiro que oferecia cursos de Português, Francês, Silvicultura, Literatura Francesa, Esperanto, Radiotelegrafia e Telefonia. Tinha início assim a Educação a Distância pelo rádio brasileiro.

    • Cursos profissionalizantes a distância

      1930 - Cursos profissionalizantes a distância

      Edgard Roquette-Pinto instalou a Rádio Escola Municipal no Rio, projeto para a então Secretaria Municipal de Educação do Distrito Federal. Os estudantes tinham acesso prévio a folhetos e esquemas de aulas, e também era utilizada correspondência para contato com estudantes. Em 1939 teve-se também o surgimento, em São Paulo, do Instituto Monitor, o primeiro instituto brasileiro a oferecer sistematicamente cursos profissionalizantes a distância por correspondência.

    • O Instituto Universal Brasileiro

      1940 - O Instituto Universal Brasileiro

      Surge o Instituto Universal Brasileiro, segundo instituto brasileiro a oferecer sistematicamente cursos abertos de iniciação profissionalizante a distância.

    • Movimento de Educação de Base (MEB)

      1950 - Movimento de Educação de Base (MEB)

      A Diocese de Natal, Rio Grande do Norte, cria algumas escolas radiofônicas, dando origem ao Movimento de Educação de Base (MEB) marco na Educação a Distância não formal no Brasil. O MEB, envolvendo a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil e o Governo Federal utilizou-se inicialmente de um sistema rádio-educativo para a democratização do acesso à educação, promovendo o letramento de jovens e adultos.

    • O Instituto Brasileiro de Administração Municipal

      1960 - O Instituto Brasileiro de Administração Municipal

      O Instituto Brasileiro de Administração Municipal inicia suas atividades na área de educação pública, utilizando-se de metodologia de ensino por correspondência. Ainda neste ano, a Fundação Padre Landell de Moura criou seu núcleo de Educação a Distância, com metodologia de ensino por correspondência e via rádio.

    • Sistema Nacional de Teleducação

      1970 - Sistema Nacional de Teleducação

      Surge o Instituto Padre Reus e na TV Ceará começam os cursos das antigas 5ª à  8ª séries (atuais 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental), com material televisivo, impresso e monitores; Em 1976 é criado o Sistema Nacional de Teleducação, com cursos através de material instrucional.

    • Segunda Geração de Educação a Distância no país

      1980 - Segunda Geração de Educação a Distância no país

      Fundações privadas e organizações não governamentais iniciaram a oferta de cursos supletivos a distância, no modelo de teleducação, com aulas via satélite, complementadas por kits de materiais impressos, demarcando a chegada da segunda geração de Educação a Distância no país.

    • Secretaria de Educação a Distância (SEED)

      1990 - Secretaria de Educação a Distância (SEED)

      O programa Jornal da Educação Edição do Professor, concebido e produzido pela Fundação Roquete-Pinto tem início e em 1995 com o nome "Um salto para o Futuro". Em 1996 é criada a Secretaria de Educação a Distância (SEED), pelo Ministério da Educação, dentro de uma política que privilegia a democratização e a qualidade da educação brasileira. É neste ano também que a Educação a Distância surge oficialmente no Brasil, sendo as bases legais para essa modalidade de educação. Popularização da internet e primeiros cursos on-line.

    • UCAM Prominas cursos de pós-Graduação Lato-Sensu, Aperfeiçoamento, Capacitação e Extensão

      2000 - UCAM Prominas cursos de pós-Graduação Lato-Sensu, Aperfeiçoamento, Capacitação e Extensão

      Surge o UCAMPROMINAS uma instituição que oferece mais de 1500 cursos on-line de Pós-Graduação Lato-Sensu, Aperfeiçoamento, Capacitação e Extensão, utilizando o que há de mais moderno em tecnologia digital de ensino a distância, para garantir um aprendizado de qualidade e a máxima comodidade para o aluno.

    • A evolução da internet e redes sociais

      2005 - A evolução da internet e redes sociais

      Com a evolução da internet e das redes sociais no mercado brasileiro, as portas para a evolução do ensino através da internet ganhou ainda mais impulso e cada vez mais alunos, pensando nisso o UCAMPROMINAS lança o seu site e reformula a sua metologia de trabalho, toda voltada para o dinamismo da era digital.

    • Nossa marca, valores para equipe equipe e interatividade aos alunos

      2014 - Nossa marca, valores para equipe equipe e interatividade aos alunos

      Buscamos renovar a nossa marca e agregar ainda mais valores para a nossa equipe, proporcionando maior interatividade aos nossos alunos. Com a modernização dos dispositivos móveis, somos o primeiro site de cursos online com Portal 100% responsivo do Brasil. Agora você pode estudar tranquilo em seu Celular, Tablet ou Computador em qualquer lugar. No seu tempo, do seu jeito.

Nossa Equipe

Contamos com mais de 800 parceiros em todo o Brasil e mais de 100 colaboradores diretos em nossa instituição, a fim de promover o que há de melhor para sua trajetória nos estudos.

  • Equipe de atedimento e suporte técnico 100% dedicada à você.

  • Professores online para tirar dúvidas.

  • O UCAMPROMINAS possui diversos setores que são responsáveis pelo gerenciamento da sua vida acadêmica.

  • Diretoria presente e atuante.